sábado, 8 de maio de 2021

Quase metade das vítimas do coronavírus no Brasil morreu em 2021

189.710 mortes por covid neste ano. Número refere-se à data real da morte. Representa 47,5% do total de vítimas

O número pode ser ainda maior, já que a data real de milhares de mortes ainda não foi contabilizada

Shopia Lopes – Poder 360

Quase metade das mortes por covid-19 registradas no Brasil desde o início da pandemia ocorreram em 2021. Até essa 6ª feira (7.mai), o país tinha 419.144 vítimas do coronavírus confirmadas. O Ministério da Saúde sabia até o início da semana a data real da morte de 393.612 pessoas. Dessas, 189.710 morreram em 2021. Ou seja, considerando apenas as mortes que têm data real confirmada, 48% ocorreram neste ano.

O número, entretanto, pode ser ainda maior. Isso porque a data real de ocorrência das mortes leva tempo para ser contabilizada. O Ministério da Saúde ainda precisa confirmar a data da morte de 25.532 vítimas da pandemia.

As informações sobre a data real das mortes são atualizadas uma vez por semana. Em fins de semana e feriados, por exemplo, os dados de mortes confirmadas costumam ser consideravelmente menores do que em dias úteis, já que algumas secretarias estaduais têm dificuldade para compilar os números e encaminhar ao Ministério da Saúde.

O boletim mais recente da pasta traz dados até 3 de maio. Eis íntegra (9 MB).

DIAS COM MAIS MORTES

O dia em que mais pessoas morreram pela covid-19 foi 29 de março. Foram 2.971 vítimas nesse dia. Em 2020, a data com mais mortes foi 22 de maio, com 1.195 vítimas.

MÉDIA MÓVEL

O salto de mortes em 2021 também é observado na média móvel. O infográfico abaixo compara duas curvas: em azul, está a média de novos registros de mortes. Refere-se ao número diário de confirmações.

Em laranja, está a média de mortes por data real. A curva cai bruscamente nos dias finais porque o número de dados analisados pelos técnicos nesse período é reduzido.

Antes da queda, porém, é possível observar a trajetória ascendente da média.

Nenhum comentário: