Cinco projetos sociais no Rio Grande do Norte são selecionados na 19ª edição do programa Amigo de Valor do Santander; Apodi e Felipe Guerra com projetos selecionados

565 crianças e adolescentes serão beneficiadas no Estado.

O Santander Brasil deu início à 19ª edição do Amigo de Valor, considerada a segunda maior campanha de destinação de Imposto de Renda no Brasil. A expectativa é arrecadar R$ 25 milhões até o dia 26 de novembro, estimulando a sociedade a conhecer e auxiliar 100 projetos sociais, escolhidos em 21 estados do País, um crescimento de 70% no número de iniciativas, que eram 59 no ano passado. Os projetos de 2021-2022 devem beneficiar mais de 12 mil pessoas diretamente.

O Rio Grande do Norte teve cinco projetos sociais selecionados, que beneficiarão 565 crianças e adolescentes. No Nordeste, 60 ações sociais serão contempladas.

Todas as iniciativas atuam em linha com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), e são voltadas para menores em situação de risco social. São abordadas questões como acolhimento, educação profissionalizante, inclusão da criança e do adolescente deficiente, protagonismo de meninas, medidas socioeducativas e práticas socioassistenciais, maus-tratos, álcool e drogas, trabalho infantil e violência sexual.

“O Amigo de Valor é um projeto que nos orgulha muito. São quase duas décadas de dedicação e empenho de equipes inteiras, que se engajam para escolher com muito carinho e critério diversas causas sociais. Fico extremamente feliz de ver que essa mobilização, ano a ano, já foi capaz de auxiliar milhares de crianças e adolescentes, deixando um impacto positivo para a sociedade e, especificamente, em cada história de vida. Juntos, tenho certeza de que vamos auxiliar outros milhares”, celebra Patricia Audi, vice-presidente de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander.

Além de direcionar as doações para os projetos sociais escolhidos pelas áreas de Recursos Humanos e Sustentabilidade do Banco, o Amigo de Valor monitora e apoia, por meio de capacitação e gestão, as entidades selecionadas. Desde seu lançamento, o programa direcionou mais de R$ 160 milhões a 600 ações, entidades e instituições, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de mais de 54 mil crianças e adolescentes. Somente em 2020, arrecadou R$ 15 milhões e auxiliou mais de 8.000 jovens no Brasil inteiro, além de ter impactado indiretamente mais de 30 mil pessoas.

O Amigo de Valor incentiva que pessoas físicas e empresas direcionem recursos do Imposto de Renda devido aos Fundos Municipais dos Direitos das Crianças e Adolescentes. Quem declara a renda pelo formulário completo pode destinar até 6% do imposto devido – neste caso os recursos são dedutíveis, ou seja, até esse limite não há custo para o doador, que tem o valor restituído –, e quem opta pela declaração simplificada pode doar a partir de R$ 25. O direcionamento é de até 1% (também dedutíveis) para empresas tributadas pelo lucro real.

O montante pode ser direcionado para quantos projetos o doador escolher abraçar, e os valores são debitados diretamente de sua conta corrente. O processo é realizado por meio de uma plataforma criada pelo Santander para simplificar a doação e apresentar todos os projetos apoiados pelo programa, de forma detalhada. No site é possível conferir a descrição das ações, ver imagens, saber a quantidade de crianças atendidas e a meta de arrecadação, entre outras informações. Neste ano, também estão disponíveis as doações pelo celular para pessoas físicas. Para clientes Pessoa Jurídica, as doações podem ser realizadas pelo Internet Banking do Santander.

Para conhecer e apoiar as iniciativas do Amigo de Valor 2021, acesse a plataforma: www.santander.com.br/amigodevalor

Semana Santander

O engajamento ao Amigo de Valor 2021 começou dentro de casa. A primeira onda de participação nas doações está sendo realizada internamente, pelos funcionários do Banco e de suas coligadas, durante a Semana Santander – uma campanha de arrecadação anual restrita aos 44 mil colaboradores do Banco, que ocorreu de 20 de setembro a 1º de outubro.

Cidades e Projetos que serão beneficiados no Rio Grande do Norte:
Baraúna
Projeto Incluir
Número de beneficiados diretos: 120
Atuação: Numa realidade marcada por negligência, maus-tratos e evasão escolar, o projeto vai fazer uma busca ativa de crianças e adolescentes em situação de alta vulnerabilidade para prestar atendimento psicossocial a elas e suas famílias. Também estão previstas ações para o fortalecimento do Sistema de Garantia dos Direitos desse público na cidade, mobilizando e articulando os vários setores para uma ação conjunta. Os recursos serão usados na contratação da equipe e compra de equipamentos.

Felipe Guerra
Projeto Abelhar Carroça da Cidadania
Número de beneficiados diretos: 250
Atuação: O PACC é uma ação itinerante que leva a leitura, a arte e a cultura para 250 crianças e adolescentes das zonas urbana e rural de Felipe Guerra (RN). O programa promove rodas de leitura e entretenimento, por meio de apresentações de palhaços e de música. Oferece, ainda, reforço escolar em português e matemática, contribuindo com a melhoria do desempenho e diminuição da evasão escolar.

Umarizal
Projeto Programa de Apoio Integral à Crianças e Adolescentes
Número de beneficiados diretos: 100
Atuação: O projeto promove a inclusão social de 100 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, em situação de violação de direitos, em conflito familiar e com defasagem escolar, por meio de atividades sociais e culturais focadas em criar oportunidades para reflexão sobre novos projetos de vida. Também promove ações de conscientização, reuniões regulares e oficinas para familiares, visando ao fortalecimento de vínculos.

Municípios que já atingiram a meta financeira de arrecadação:
Apodi
Projeto Serviço de Guarda Subsidiada de Apodi – Família Guardiã
Número de beneficiados diretos: 45
Atuação: Crianças e adolescentes vítimas de violência cometida por seus pais serão acolhidos por famílias-guardiãs, compostas por familiares ou pessoas próximas. Os guardiões receberão subsídio financeiro e apoio para fazer esse acolhimento. Trata-se de uma alternativa ao abrigo institucional importante para a cidade. Até agora, as crianças afastadas dos pais são acolhidas em Mossoró, a 81 km de distância. O projeto vai atender 45 beneficiários e pretende atuar em grupos indígenas e quilombolas.

Carnaubais
Projeto Programa Família Guardiã de Carnaubais
Número de beneficiados diretos: 50
Atuação: O programa vai garantir a guarda legal de crianças e adolescentes vítimas de violência ou abandono. Formada por familiares ou pessoas próximas, a família-guardiã proporciona um ambiente adequado para que eles possam se desenvolver, frequentar a escola e ter acesso aos serviços da rede de assistência. Os guardiões recebem apoio financeiro e técnico para cuidar dessas crianças, evitando que elas sejam encaminhadas a abrigos e assegurando seu direito à convivência familiar e comunitária.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.