Fenômeno natural: Especialista explica redemoinho que surpreendeu moradores de Apodi, no Oeste do RN

O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (03) na Chapada do Apodi.

Um redemoinho foi registrado na manhã desta quarta-feira (03) na Chapada do Apodi, formação montanhosa distribuída entre Apodi, Baraúna, Felipe Guerra e Governador Dix-Sept Rosado. O fenômeno é frequentemente confundido com tornados, no entanto se trata de colunas de poeira que se levantam do chão girando. As informações foram divulgadas pelo site Curiozzzo e o Agora RN entrou em contato com um especialista para explicar o acontecimento.

O meteorologista da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), Gilmar Bistrot, explicou como o fenômeno surge. “A diferença de temperatura em duas áreas força o deslocamento do ar com velocidade, gerando o aparecimento do redemoinho”, disse.

Por ser uma região plana, não há relevo acentuado e isso favorece o acontecimento do fenômeno. Para aumentar o vento, precisa de um aumento de pressão de um local. Então o vento se desloca de uma região de maior pressão para uma região de menor pressão”, complementou.

O meteorologista ainda ressaltou que por esse período do ano ser predominantemente seco, não há possibilidade de aparecimento de um tornado. “Depende muito das condições climáticas do dia. Caso haja uma maior umidade e diferença de temperatura, pode haver o surgimento de um tornado”, pontuou Gilmar.

“Aqui em Apodi, esses redemoinhos acontecem frequentemente”, disse o radialista Wilson Mancini, morador da região.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.