Vereadores de Apodi se reúnem com direção do DNOCS, em Fortaleza

No encontro, foi abordado o projeto de irrigação da Chapada do Apodi; povoamento dos açudes com alevinos e perfuração de poços.

O Presidente da Câmara Municipal de Apodi, Júnior Souza e o Vereador Laete Oliveira e o gerente da secretaria de Agricultura, Eron Costa estiveram reunidos com Fernando Leão – Diretor Geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), com o Coronel Izidio – Diretor Geral de Infraestrutura, e Talyson diretor administrativo, a reunião aconteceu na manhã desta sexta-feira (12), na sede do órgão, em Fortaleza.

A reunião se deu a partir da pauta entregue aquele órgão no dia 22 de outubro num encontro na cidade de Caicó/RN. “Visitamos a sede do DNOCS em Fortaleza para tentar destravar as obras do perímetro irrigado da Chapada, assim como povoamento dos açudes com alevinos e perfuração de poços. Não adianta chegar as águas do Rio São Francisco na barragem de Santa Cruz se essa obra continuar paralisada”, explica o presidente Júnior Souza.

Na ocasião, entre as demandas apresentadas pelo presidente da Câmara de Vereadores de Apodi, destacam-se a retomada das obras do perímetro irrigado da Chapada, assim como povoamento dos açudes com alevinos e perfuração de poços.

De acordo com o parlamentar, Júnior Souza, o Santa Cruz do Apodi é um projeto de desenvolvimento da agricultura irrigada que trará inestimáveis benefícios para toda a população potiguar, pois trará emprego e renda para pequenos, médios e grandes produtores da região, além de aumentar a oferta de alimento. “A Chapada do Apodi é uma região com amplo potencial e condições para a produção e falta apenas a irrigação”, complementou o presidente.

O sistema hidráulico do Projeto de Irrigação Santa Cruz do Apodi tem como manancial de abastecimento o rio Apodi, que possui vazão regularizada pela barragem Santa Cruz, localizada a montante da cidade de Apodi. A captação da água será feita a fio d’água no leito do rio Apodi, entre as localidades de Apodi e Felipe Guerra, a jusante da barragem. Um sistema de captação e recalque composto por uma elevatória com 09 (nove) conjuntos moto-bombas, seguida de 03 (três) adutoras, dimensionados para elevação de uma vazão de 6,00 m3/s até a cota 110 na Chapada do Apodi.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.